Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
cortezcardell70

As Escavações Oficiais Começaram Em 1911

Como Planejar O Gasto De Uma Obra


5 km de Córdoba, em direção oeste, junto do Monte da Desposada. Medina Al-Azhara - Arcos em ferradura. Porta do Primeiro Ministro. Outro pretexto apontado foi a construção da medina em honra da mulher de Abderramão III, Al Zahra. Viria a ser destruída e saqueada em 1010 por ocasião da fitna que levaria ao colapso do Califado. Esse ataque riscaria a cidade do mapa durante quase um milénio.


Atualmente prosseguem os trabalhos de escavação e recuperação da cidadela, iniciados em 1911 e actualmente subsidiados pelo governo espanhol, encontrando-se ainda somente menos de 10% a descoberto. As obras começaram em 936, a cargo do mestre alarife Maslama ben Abdallah. Situa-se nas faldas de Sierra Morena, ao pé da montanha Yebel al-Arus ('monte da Desposada') e em contato com o vale do Guadalquivir. Frente à ideia labiríntica e caótica característica do urbanismo muçulmano, Medina Azahara oferece uma planta retangular de aproximadamente 1500 metros por 750, com traçado ortogonal e uma rede de esgoto e abastecimento de água perfeitamente inventada.


É considerada a superior superfície urbana formada de uma vez no Mediterrâneo. Constitui a peça mestra do conjunto arquitetônico que inclui o Jardim Grande. Ambos, o salão e jardim, exercem divisão de uma mesma concepção com forte simbolismo religioso e político, que tem por material a magnificação do califa. A oriente do salão, e ligados com o mesmo, foram desenvolvidos um conjunto de cômodos pavimentados em mármore branco, tal como o chamado “pátio da pia”, que faz divisão das estâncias prévias a um banho de reduzidas proporções.



Moradia dos Vizires. Acrílico sobre madeira, do artista Pedro Roque. Museu de BB.AA. de Badajoz. A sala de 5 naves da Casa dos Vizires abre-se para uma larga e elevada calçada, da que baixam umas escadas pra uma gigantesca praça quadrada, nos dias de hoje adaptada como jardim. Sobre a atividade nesse edifício há diferentes opiniões.


Durante muito tempo foi chamado “a Moradia do Exército” pois as medidas da sala e da explanada parecem aludir a funções representativas. No entanto, hoje em dia acredita-se que o edifício estava a disposição do pessoal encarregue da administração. A medina esteve cercada por uma grossa muralha, que constitui mais um limite que um mecanismo militar estritamente defensivo. Somente foi escavado o trecho central da muralha norte, construída com silhares de pedra calcária, como toda a cidade, com corda e tição. Pro exterior é reforçada com torres retangulares e no interior apresenta contrafortes como reforço estrutural, pra conter o empuxo das terras da ladeira. No centro desta muralha norte rasga-se uma porta onde existia um caminho que ligava Medina Azahara com Córdova.


Esse acesso norte ao Alcázar mostra uma insistência acotovelada, quebrada, que responde ao tipo de “portas em cotovelo” usadas pela arquitetura militar islâmica. O que nos dias de hoje se observa corresponde à restauração realizada durante o decênio de 1930 por Félix Hernández, que quase a plenitude da infraestrutura original desapareceu devido às espoliações sofridas nos muros.


No momento em que Vale a pena Reformar O Imóvel Por intermédio de Consórcio . No terraço inferior situa-se a mesquita aljama. DECORAÇÃO DE SALA COM ESCRITÓRIO , aparece orientada para sudeste e os seus elementos básicos (pátio, sala de oração e minarete) organizam-se de acordo com o esquema peculiar do ocidente islâmico. A sala de oração é de planta basilical, com 5 naves separadas por arcarias de ferradura. A noroeste ergue-se o minarete, de planta quadrada no exterior mas octogonal no interior.



] alguns de cujos vestígios mostraram-se na escavação. O exterior da mesquita apresentaria muros lisos com contrafortes coroados por ameias dentadas, centrando-se a tua decoração nas portas. Desenvolveram-se uma série de cômodos frente à fachada principal da mesquita, que pela distribuição e local, conseguem ser identificados como uma moradia de esmola (oferecer al-sadaka). Um dos materiais mais essenciais encontrados foi a caixa de marfim com inscrições chamada de Píxide de Al-Mughira, que é conservada no museu do Louvre.


O Píxide do Príncipe Al-Mughira, exposto no Museu do Louvre, Paris. As escavações oficiais começaram em Decoração Criativa Com Balões Para Festas Infantis , e seguiram sem interrupção desde desse modo. O arquiteto Félix Hernández Giménez foi o investigador que escavou a cota central do Alcázar (uma superfície de 10,cinco hectares), como esta de foi restaurado o salão de Abderramão III.


Don't be the product, buy the product!

Schweinderl